Estrutura Curricular


Disciplinas Obrigatórias

​Seminário I
Ementa: Assuntos de interesse atual na área de Ciências Farmacêuticas a serem apresentados pelos mestrandos, docentes e visitantes, com ênfase em pesquisas desenvolvidas na área de concentração do programa.
 
Art. 1º As disciplinas de Seminários I e II, obrigatórias, serão anuais, com 1 crédito (15 h/a) cada.
 
Parágrafo 1. Para as disciplinas de Seminários I e II, serão consideradas as seguintes atividades, realizadas no PPCF a respectiva carga horária : - palestras com convidados externos ou internos à Univali (1 h/a) - defesas púbicas de dissertação de mestrado ou teses de doutorado (apresentação 0,5 h/a e arguição 0,5 h/a) - reuniões de grupos de pesquisa (1 h/a).
 
Parágrafo 2. A comprovação da participação nas atividades de Seminários constará da folha de presença identificada, com assinatura do professor responsável pelas reuniões de grupo, ou pelo presidente da banca de defesa ou pelo professor responsável pela disciplina de Seminários, além da ficha de Pontuação de Atividades de Seminário do PPCF, contendo a discriminação e o total da carga horária, assinada pelo aluno, pelo Prof. Orientador e pela Coordenação do PPCF.
 
Parágrafo 3. A solicitação de equivalência de atividades de seminário, realizadas em outros Programas stricto senso, recomendados pela Capes, na Univali ou em outras Instituições, deverão estar acompanhadas de declaração de presença devidamente assinadas pelo Coordenador do respectivo Programa e ficam sujeitas à avaliação pelo Colegiado do PPCF.
 
Parágrafo 4. Em caso de defesa, respeitando-se o Regimento Interno, a carga horária da disciplina de Seminários II, poderá ser somada a qualquer tempo, independente do término da disciplina e, em totalizando 15 h/a, no respectivo exercício, o crédito poderá ser conferido ao mestrando, mediante aprovação do Colegiado do PPCF.
 
Parágrafo 5. A avaliação para atribuição do conceito (Suficiente ou Insuficiente) será baseada na frequencia, sendo obrigatório o cumprimento do total de 15 h/a em atividades relacionadas no parágrafo 1 do Art. 1°.
 
Créditos: 01
Carga Horária: 15 h/a
Seminário II
Ementa: Assuntos de interesse atual na área de Ciências Farmacêuticas a serem apresentados pelos mestrandos, docentes e visitantes, com ênfase em pesquisas desenvolvidas na área de concentração do programa.
 
Art. 1º As disciplinas de Seminários I e II, obrigatórias, serão anuais, com 1 crédito (15 h/a) cada.
 
Parágrafo 1. Para as disciplinas de Seminários I e II, serão consideradas as seguintes atividades, realizadas no PPCF a respectiva carga horária : - palestras com convidados externos ou internos à Univali (1 h/a) - defesas púbicas de dissertação de mestrado ou teses de doutorado (apresentação 0,5 h/a e arguição 0,5 h/a) - reuniões de grupos de pesquisa (1 h/a).
 
Parágrafo 2. A comprovação da participação nas atividades de Seminários constará da folha de presença identificada, com assinatura do professor responsável pelas reuniões de grupo, ou pelo presidente da banca de defesa ou pelo professor responsável pela disciplina de Seminários, além da ficha de Pontuação de Atividades de Seminário do PPCF, contendo a discriminação e o total da carga horária, assinada pelo aluno, pelo Prof. Orientador e pela Coordenação do PPCF.
 
Parágrafo 3. A solicitação de equivalência de atividades de seminário, realizadas em outros Programas stricto senso, recomendados pela Capes, na Univali ou em outras Instituições, deverão estar acompanhadas de declaração de presença devidamente assinadas pelo Coordenador do respectivo Programa e ficam sujeitas à avaliação pelo Colegiado do PPCF.
 
Parágrafo 4. Em caso de defesa, respeitando-se o Regimento Interno, a carga horária da disciplina de Seminários II, poderá ser somada a qualquer tempo, independente do término da disciplina e, em totalizando 15 h/a, no respectivo exercício, o crédito poderá ser conferido ao mestrando, mediante aprovação do Colegiado do PPCF.
 
Parágrafo 5. A avaliação para atribuição do conceito (Suficiente ou Insuficiente) será baseada na frequencia, sendo obrigatório o cumprimento do total de 15 h/a em atividades relacionadas no parágrafo 1 do Art. 1°.
 
Créditos: 01
Carga Horária: 15 h/a
Metodologia da Pesquisa
Ementa: Conhecimento científico. Método científico e o processo da construção do conhecimento. Projeto de pesquisa. Ética em pesquisa. Transmissão dos conhecimentos adquiridos. Normas de redação de trabalho científico.
 
Objetivos: Compreender a natureza do conhecimento e do método científico, para estruturar e planejar as diversas fases de um trabalho científico de maneira crítica e reflexiva.
 
Créditos: 03
Carga Horária: 45 h/a

Disciplinas Eletivas

Agentes Antimicrobianos
Ementa: Citologia bacteriana e fúngica; Agentes antibacterianos; Agentes antifúngicos; Mecanismos de ação de atividade antimicrobiana; Modelos in vitro de avaliação de atividade antimicrobiana; Resistência microbiana; citotoxicidade e mutagenicidade.
 
Objetivo: Empregar e interpretar métodos microbiológicos para avaliação de atividade antimicrobiana, modo de ação, resistência microbiana, citotoxicidade e mutagenicidade na avaliação de produtos naturais sintéticos.
 
Créditos: 04
Carga Horária: 60 h/a
Análise Fitoquímica
Ementa: Introdução a fitoquímica; Biossíntese e classes de metabolitos secundários de origem vegetal, Métodos de extração, separação e purificação de fitoconstituintes; Métodos de identificação: Uma abordagem preliminar.
 
Objetivo: Conhecer a biossíntese das principais classes de metabólitos secundários de origem vegetal, bem como os métodos de extração, purificação e detecção para aplicar na obtenção e controle de qualidade de produtos bioativos.
 
Créditos: 04
Carga Horária: 60 h/a
Análises Espectroscópicas
Ementa: Espectroscopia no Ultra-violeta e visível. Espectroscopia no Infravermelho. Espectroscopia de Ressonância Magnética Nuclear de Hidrogênio e Carbono-13, Espectrometria de Massas. Interpretação de espectros por técnicas conjuntas para elucidação estrutural.
 
Objetivos: Aplicar técnicas espectroscópicas e espectrométricas na elucidação estrutural visando subsidiar as análises fitoquímicas e o desenvolvimento de moléculas bioativas.
 
Créditos: 04
Carga Horária: 60 h/a 
Aplicações de Ressonância Magnética Nuclear em Produtos Naturais
Ementa: Introdução aos métodos de Ressonância Magnética Nuclear; Organização de fragmentos estruturais por RMN; Técnicas monodimensionais (1D) e bidimensionais (2D); Determinação estrutural de moléculas orgânicas.
 
Objetivos: Aplicar a técnica espectroscópica de ressonância magnética nuclear monodimensional e bidimensional na elucidação estrutural de moléculas bioativas visando subsidiar as análises fitoquímicas, de controle de qualidade e o desenvolvimento de fármacos.
 
Créditos: 04
Carga Horária: 60 h/a
Análise de Biopolímeros de Interesse Farmacêutico
Ementa: Nomenclatura e classificação; Técnicas e Isolamento, purificação e derivatização de biopolímeros; Técnicas de determinação do grau de substituição de polimeros derivatizados; Determinação da Massa molar e Conformação (Cromatografia de Gel Permeação com detector de espalhamento de luz e viscosimetria); Comportamento reológico; Tensiometria, Microscopia de Força Atômica. Análise Térmica; DSC e TG.
 
Objetivos: Obter e caracterizar polímeros de origem natural e semi-sintéticos para aplicações farmacêuticas e analíticas.
 
Créditos: 04
Carga Horária: 60 h/a
Atividades Complementares
Objetivo: Desenvolver atividades de publicação dos resultados da dissertação de mestrado na forma de resumos em eventos científicos, de artigos em periódicos científicos ou de livros.
 
Art. 1º A disciplina de Atividades Complementares é optativa e o mestrando pode totalizar de 1 a 3 créditos (15-45 h/a).
 
Parágrafo 1:  Para a disciplina de Atividades Complementares, serão consideradas as seguintes atividades com a respectiva carga horária:

- Publicação de resumos em anais de evento local ou regional (2,5 h/a por resumo)

- Publicação de resumos em anais de evento nacional (5 h/a por resumo)

- Publicação de resumos em anais de evento internacional (10 h/a por resumo)

- Publicação de trabalhos completos em anais de eventos nacionai ou internacional (7,5 h/a por trabalho)

- Publicação de artigo científico em periódico Qualis nacional B (10 h/a por artigo)

- Publicação de artigo científico em periódico Qualis nacional A (15 h/a por artigo)

- Publicação de artigo científico em periódico Qualis Internacional C (15 h/a por artigo)

- Publicação de artigo científico em periódico Qualis Internacional B (20 h/a por artigo)

- Publicação de artigo científico em periódico Qualis Internacional A (30 h/a por artigo)
 
Inciso I. Capítulos de livros nacionais com ISSN serão considerados como artigos em periódico Qualis nacional B; livros nacionais com ISSN serão considerados como artigos em periódico Qualis nacional A; capítulos de livros internacionais serão considerados como artigos em periódico Qualis Internacional B; livros internacionais serão considerados como artigos em periódico Qualis Internacional A;
 
Inciso II. Todas as publicações deverão ser na linha de pesquisa do respectivo projeto de dissertação de mestrado e somente serão considerados os trabalhos onde houver a participação do orientador.
 
Inciso III. A publicação somente será considerada se estiver aceita, mediante comprovação.
 
Inciso IV. Para a classificação dos periódicos no Qualis serão considerados os critérios da CAPES para a Área da Farmácia
 
Inciso V. A abrangência dos eventos será julgada pelo Colegiado do PMCF.
 
Inciso VI. Para a computação de crédito em Atividades Complementares, o mestrando deverá apresentar, antes do processo de defesa da dissertação, a ficha de pontuação em Atividades Complementares, devidamente preenchida e assinada pelo mestrando, pelo Prof. orientador e pela Coordenação do PMCF, com cópia dos comprovantes de aceite ou publicação dos trabalhos.
 
Inciso VII. O conceito Suficiente ou Insuficiente será atribuído após julgamento pelo Colegiado do PMCF.
 
Créditos: 01 a 03
Carga Horária: 15 a 45 h/a 
Biodiversidade x Medicamentos
Ementa: Conceitos em ecologia, biologia sistêmica. Biodiversidade: Biomas, florestas brasileiras e desenvolvimento sustentável Origem das drogas prescritas, políticas, legislação brasileira e perspectivas da exploração da biodiversidade.
 
Objetivos: Expor questões relacionadas a diversidade biológica e química e a importância farmacêutica da sua manutenção; enfatizando a existência de redes e a necessidade de desenvolver a consciência planetária, o desenvolvimento sustentado assim como estratégias de conservação e manejo das florestas tropicais.
 
Créditos: 01
Carga Horária: 15 h/a
Bioestatística
Ementa: bioestatística e pesquisa científica. Estatística descritiva, Planilha Eletrônica. Introdução à amostragem. Distribuições Amostrais. Estimativas. Teste de Hipóteses. Dados Categóricos. Análise de Variância. Correlação e Regressão. Estatística não Paramétrica.

Objetivo: Empregar e analisar métodos estatísticos na elaboração de trabalhos científicos.

Créditos: 04
Carga Horária: 60 h/a 
Biofarmácia
Ementa: Conceitos e aspectos biofarmacêuticos de medicamentos; estudo biofarmacêutico de medicamentos administrados por via oral; estudo biofarmacêutico de medicamentos administrados por outras vias; estudo de correlação in vitro - in vivo; estudo de equivalência farmacêutica.
 
Objetivo: Avaliar os aspectos de disponibilização dos fármacos no organismo a partir de diferentes formas farmacêuticas visando o desenvolvimento racional de medicamentos.
 
Créditos: 03
Carga Horária: 45 h/a
Delineamento Experimental em Ciências Farmacêuticas
Ementa: Delineamentos experimentais. Experimentos inteiramente ao acaso. Experimentos em blocos ao acaso. Análise de dados. Comparação de médias. Interações. Experimentos Fatoriais. Utilização de programa estatístico computacional em aplicações tecnológicas e analíticas
 
Objetivos: Conhecer e aplicar a instrumentalização estatística para delineamento experimental.
 
Créditos: 04
Carga Horária: 60 h/a
Estabilidade de Produtos Farmacêuticos
Ementa: Introdução à estabilidade de medicamentos. Aspectos extrínsecos e intrínsecos que afetam a estabilidade de fármacos e medicamentos; Reações de decomposição de fármacos, ordem das reações químicas; Efeito da Temperatura; Métodos para determinação de Tempo de vida útil de Medicamentos;?Métodos analíticos indicativos de estabilidade.
 
Objetivos: Compreender os mecanismos de reações de degradação de fármacos e medicamentos, as estratégias de previsão de estabilidade e os métodos analíticos adequados para o estudo de estabilidade.
 
Créditos: 04
Carga Horária: 60 h/a
Estagio de Docência I
Ementa: Planejamento da ação didático-pedagógica (estratégias de ensino, planejamento e plano, recursos didático-pedagógicos). Avaliação da aprendizagem (critérios e instrumentos de avaliação).
 
Objetivo: Analisar fundamentos e metodologia do planejamento e avaliação da aprendizagem, aplicando-os em atividades de ensino da graduação no Curso de Farmácia e áreas afins.
 
Créditos:  04
Carga Horária: 60 h/a
Ensaios In Vitro de Citotoxicidade e Estresse Oxidativo
Ementa: Noções básicas e gerais sobre cultivo celular. Ensaios de citotoxicidade. Tipos de morte celular e técnicas de caracterização. Estresse oxidativo e metodologias de ensaios in vitro para determinação de espécies reativas e defesas antioxidantes.
 
Objetivos: Analisar técnicas de cultura celular e os princípios das metodologias de avaliação citotóxica e estresse oxidativo in vitro, visando à avaliação biológica de derivados naturais e sintéticos.
 
Créditos: 04
Carga Horária: 60 h/a
Farmacodinâmica
Ementa: Alvos farmacológicos para ação de fármacos (receptores, canais iônicos, moléculas transportadoras e enzimas), tipos de receptores, interação fármaco-receptor, sinalização mediada por receptores intracelulares e de superfície celular, (mecanismos de transdução por receptores ligados á proteína G envolvendo os sistemas adenilatociclase, guanilatociclase, fosfolipase C e fosfolipase A2, receptores ligados a canais iônicos). Sinalização química (endócrina, parácrina e sináptica.
 
Objetivo: Entender os mecanismos de transdução celular envolvidos no mecanismo de ação de produtos naturais e/ou sintéticos a fim de subsidiar os estudos envolvendo atividade biológica.
 
Créditos: 04
Carga Horária: 60 h/a
Farmacologia dos Processos Dolorosos
Ementa: Fisiofarmacologia do processo inflamatório: reações inatas (eventos vasculares, eventos celulares), resposta imunológica adaptativa, resposta sistêmica, resposta inflamatória e imune não desejadas, mediadores do processo inflamatório de importância farmacológica (aminas biogênicas, mediadores lipídicos, cccininas, neuropeptídeos, sistema complemento, NO, citocinas ), evolução final da resposta inflamatória, elementos da inflamação crônica, tratamento do processo inflamatório, estudo farmacológico do processo inflamatório (modelos farmacológicos de inflamação).
 
Objetivo: Compreender os mecanismos envolvidos nos processos inflamatório visando a obtenção de alvos farmacológicos para os produtos naturais e/ou sintéticos com propriedade anti-inflamatória.
 
Créditos: 04
Carga Horária: 60 h/a
Farmacologia dos Processos Inflamatórios
Ementa: Anatomofisiologia do sistema somatosensorial, Tipos se estímulos sensoriais, mediadores envolvidos na sensibilidade dolorosa, Farmacologia do processo doloroso agudo e crônico, dor inflamatória, dor neuropática, dor central. Sensibilização, adaptação e desensibilização das vias nociceptivas. Tratamento do processo doloroso, formas de avaliação da dor (experimental e clínica).
 
Objetivo: Compreender os mecanismos envolvidos nos processos doloroso, compreendendo as estruturas anatômicas e moleculares, mediadores químicos e vias de sinalização. Conhecer as propriedades da estimulação dolorosa tais como sensibilização, acomodação e desensibilização e Conhecer as patologias que envolvem processos dolorosos visando a obtenção de alvos farmacológicos para os produtos naturais com propiedades antinociceptiva.
 
Créditos: 04
Carga Horária: 60 h/a
Farmacologia das Doenças Neurodegenerativas e Neuropsiquiátricas
Ementa: Bases biológicas dos neurotransmissores do SNC; Neurotransmissores centrais (dopamina, noradrenalina, serotonina, acetilcolina, glutamato, GABA); Síntese, degradação, liberação, captação; ontogênese, vias centrais, receptores e mensageiros secundários; Outros prováveis neurotransmissores centrais e neuromoduladores (sistema purinergico, polipeptideos, encefalina e oxido nítrico); distúrbios bioquímicos e neuroquímicos envolvidos na patogênese das doenças neurodegenerativas (papel da inflamação e do estresse oxidativo; Modelos farmacológicos para o estudo de doenças neurodegenerativas e neuropsiquiátricas).
 
Objetivo: Compreender os mecanismos neuroquímicos envolvidos na gênese das doenças neurológicas e neurodegenerativas visando a obtenção de alvos farmacológicos para os produtos naturais com propriedades biológicas sobre o Sistema Nervoso Central.
 
Créditos: 04
Carga Horária: 60 h/a
Farmacologia e Modelos de Avaliação de Atividade Gastroprotetora
Ementa: Fisiologia do trato gastrointestinal. Tratamento farmacológico dos distúrbios gastrointestinais. Modelos experimentais pré-clínicos para avaliação do potencial gastroprotetor e /ou antiúlcera de substâncias naturais ou sintéticas.
 
Objetivo: Compreender os mecanismos envolvidos nos processos que levam ao desenvolvimento de úlceras gástricas e os modelos farmacológicos pré-clínicos para avaliar o potencial gastroprotetor e/ou antiúlcera de substâncias naturais ou sintéticas.
 
Créditos: 03
Carga Horária: 45 h/a 
Farmacocinética
Ementa: Conceitos e princípios básicos da farmacocinética; Parâmetros farmacocinéticos: conceitos e cálculos; Modelagem e análise farmacocinética; Vias de administração: perfis de concentração plasmática versus tempo, cálculos de concentrações plasmáticas e cálculo de dose.
 
Objetivo: Analisar aspectos farmacocinéticos qualitativos (absorção, distribuição e eliminação) e quantitativos (noções matemáticas de cinética linear e não linear, cálculos de parâmetros e modelos farmacocinéticos); fornecendo assim subsídios ao desenvolvimento e avaliação de novas moléculas, fármacos e formas farmacêuticas.
 
Créditos: 03
Carga Horária: 45 h/a
Fitoterápicos: Aspectos Tecnológicos e de Garantia da Qualidade
Ementa: Biomas brasileiros; Acesso ao Patrimônio Genético; Política Nacional de Plantas Medicinais; Legislação em Drogas Vegetais e Fitoterápicos; Garantia de Qualidade; Controle de Qualidade; Tecnologia de obtenção de formas farmacêuticas a partir da droga vegetal.
 
Objetivo: Analisar o panorama nacional quanto ao uso de plantas medicinais e fitoterápicos, seus potenciais e desafios para o país para o setor regulado pela ANVISA, comparando com normas internacionais. Compreender os aspectos relevantes de garantia da qualidade em cada etapa da cadeia produtiva e dos métodos de controle de qualidade. Conhecer as técnicas de tratamentos pós-colheita; extração; produção de extratos secos; formulação e produção de formas farmacêuticas.
 
Créditos: 05
Carga Horária: 75 h/a
Imunologia Aplicada à Pesquisa e Desenvolvimento de Fármacos
Ementa: Imunidade inata e adaptativa. Metodologias para avaliação da resposta imune inata. Metodologias para avaliação da resposta imune específica humoral e celular. Ferramentas farmacológicas como manipuladores da resposta imune.
 
Objetivo: Conhecer e aplicar métodos de avaliação da imunidade inata e específica aplicáveis em estudos com plantas medicinais, substâncias marinhas, polímeros e outras moléculas bioativas.
 
Créditos: 03
Carga Horária: 45 h/a
Métodos de Avaliação de Produtos Cosméticos
Ementa: caracterização física. Análise sensorial. Reologia. Permeação cutânea in vitro. Determinação de eficácia in vitro e in vivo.
 
Objetivos: Conhecer os métodos físicos, físico-químicos e biológicos in vitro e in vivo aplicados ao desenvolvimento de formulações dermocosmética.
 
Créditos: 03
Carga Horária: 45 h/a 
Nanotecnologia: Aplicações Farmacêuticas e em Cosméticos
Ementa: Introdução à nanotecnologia farmacêutica. Nanossistemas lipídicos e poliméricos. Métodos de avaliação sistemas nanoestruturados. Produtos cosméticos nanoestruturados.
 
Objetivos: Compreender o desenvolvimento e aplicação de sistemas nanoestruturados e sua relevância na inovação tecnológica de medicamentos e cosméticos.
 
Créditos: 04
Carga Horária: 60h/a
Pré-formulação
Ementa: Fatores físicos e físico-químicos de pré-formulação das formas farmacêuticas líquidas, semissólidas e sólidas. Interações físicas e físico-químicas entre fármaco, excipiente e via de administração. Estabilização de formulações.
 
Objetivos: Conhecer as técnicas de caracterização física e físico-químicas do fármaco; compreender a influência das propriedades físicas e físico-químicas dos fármacos, das interações mútuas entre fármaco, adjuvantes no processo tecnológico e na biodisponibilidade.
 
Créditos: 04
Carga Horária: 60 h/a
Química Orgânica Aplicada às Ciências Farmacêuticas I
Ementa: Características estruturais dos fármacos; Moléculas polifuncionais; Fatores físico-químicos que influenciam as moléculas orgânicas; Isomeria.
 
Objetivos: Conhecer os fatores físico-químicos e as principais características estruturais relacionando-os com a estabilidade das moléculas orgânicas.
 
Créditos: 03
Carga Horária: 45 h/a
Química Orgânica Aplicada às Ciências Farmacêuticas II
Ementa: Reações de adição e eliminação; Reações de substituição nucleofílica alifática; Reações de Oxidação e Redução; Reações de grupo carbonila, Reações de substituição eletrofílica aromática; Reações pericíclicas.
 
Objetivo: Compreender os diferentes mecanismos reacionais que envolvem a interação entre compostos orgânicos e a obtenção de moléculas bioativas.
 
Créditos: 03
Carga Horária: 45 h/a 
Química Medicinal I
Ementa: Histórico da descoberta de fármacos; Desenvolvimento racional de fármacos; Propriedades moleculares; Aspectos biológicos no desenvolvimento de fármacos; Relação estrutura-atividade; Ferramentas computacionais em química medicinal I.
 
Objetivos: Proporcionar uma visão inter e multidisciplinar dos aspectos relacionados às bases moleculares de ação dos fármacos.
 
Créditos: 03
Carga Horária: 45 h/a
Química Medicinal II
Ementa: Princípios de modelagem molecular; Desenho de fármacos; Relação estrutura-atividade quantitativa; Ferramentas computacionais em química medicinal II.
 
Objetivos: Aplicar os fundamentos químicos, biológicos e computacionais relacionados ao desenvolvimento de fármacos.
 
Créditos: 03
Carga Horária: 45 h/a
Síntese de Moléculas Bioativas
Ementa: Grupos protetores; Estratégias de desconexão; Interconversão de Grupos Funcionais; Ordem dos eventos; Modificações estruturais de molécula bioativas; síntese de análogos e protótipos bioativos.
 
Objetivos: Compreender as estratégias moleculares para planejar racionalmente a síntese de compostos bioativos.
 
Créditos: 04
Carga Horária: 60 h/a
Técnicas Cromatográficas, Mecanismos, Desenvolvimento e Validação Analítica
Ementa: Mecanismo de interações nos diferentes adsorventes cromatográficos: Adsorção, partição, exclusão de tamanho e afinidade; Preparação, purificação e ativação dos diferentes suportes cromatográficos; Características dos diferentes suportes cromatográficos: área superficial, estabilidade (diferentes sistemas de solventes ou de gases carreadores); Cromatografia Líquida de Alta Eficiência (CLAE); Desenvolvimento analítico em CLAE; Validação Analítica em CLAE.
 
Objetivo: Analisar os diferentes métodos cromatográficos embasando o desenvolvimento de métodos analíticos, com ênfase na Cromatografia Líquida de Alta Eficiência (CLAE) e na validação analítica.
 
Créditos: 04
Carga Horária: 60 h/a
Tecnologia Farmacêutica: Formas Farmacêuticas Sólidas
Ementa: Aspectos teóricos e práticos sobre os processos de produção, caracterização física e físico-química e aplicações de formas farmacêuticas sólidas.
 
Objetivos: Compreender as etapas necessárias ao desenvolvimento de formas farmacêuticas sólidas.
 
Créditos: 04
Carga Horária: 60 h/a
Tópicos Especiais
Sistemas de liberação modificada de fármacos

Ementa: Evolução histórica dos sistemas de liberação controlada de fármacos; Cinética de liberação de fármacos; Sistemas de liberação controlada de fármacos aplicados por diferentes vias de administração.
 
Objetivo: Compreender os mecanismos de liberação, a composição e a tecnologia de preparação de formas farmacêuticas de liberação modificada de fármacos para aplicar no desenvolvimento destas preparações.
 
A disciplina estuda as cinéticas de liberação de fármacos de formas farmacêuticas de liberação controlada, buscando entender e planejar formas farmacêuticas que permitam o controle da liberação do fármaco. Além disso, abrange o conhecimento das técnicas de preparação das principais formas de liberação controlada para uso oral, parenteral e transdermal.
 
Créditos: 01
Carga Horária: 15 h/a
Toxicologia e Farmacologia Pré-Clinica
Ementa: Validação farmacológica, etapas pré-clínicas na produção de fármacos, aspectos de segurança dos fármacos, legislação que regulamenta os ensaios farmacológicos e toxicológicos pré-clínicos e clínicos; toxicologia pré-clínica, testes toxicológicos pré-clínicos, metodologias para avaliação de fármacos e medicamentos.
 
Objetivo: Estudar técnicas estratégicas de validação pré-clínica para o desenvolvimento seguro de novos fármacos.
 
Créditos: 03
Carga Horária: 45 h/a 

Copyright - univali.br - 2021 - Todos os direitos reservados