SharePoint

Perguntas frequentes


O que é um Mestrado Profissional? O que o diferencia de um Mestrado Acadêmico?

Em recente artigo publicado na revista RBPG “Ainda sobre o Mestrado Profissional”, o autor, diretor de avaliação da CAPES Renato Janine Ribeiro, enfatiza  e esclarece dúvidas acerca da distinção entre o Mestrado Profissional e o Mestrado Acadêmico. Segundo o autor, “(...) O Mestrado Profissional pertence à pós-graduação stricto sensu. Sua existência legal decorre de uma portaria da Capes, de número 80, baixada em novembro de 1998 (CAPES, 1998), que na verdade explicita a distinção entre duas modalidades de mestrado, o acadêmico e o profissional, que antes eram oferecidas de maneira indistinta. Foi assim, com base no poder regulamentar ínsito à agência, que o Mestrado Profissional apareceu na legislação brasileira.

Daí, também, que o MP não possa ser discriminado de maneira negativa, por exemplo em concursos públicos ou de seleção para o doutorado. Tal assunto foi decidido pelo Conselho Nacional de Educação e ficou bastante claro que, numa seleção, o edital não pode exigir tal ou qual tipo de mestrado. Isso não impede, evidentemente, que a banca exija a entrega de uma cópia do trabalho que proporcionou ao candidato seu título de mestre e que considere a qualidade do mesmo, desde que faça isso com os vários candidatos. Mas o que importa é enfatizar que todos os mestrados avaliados pela Capes, sejam eles acadêmicos ou profissionais, compartilham duas características principais pelo menos: primeira, eles passam por um crivo de rigor que atesta sua qualidade; segunda (e de alguma forma ligada à primeira), eles promovem uma mudança no perfil do aluno, um salto qualitativo em sua formação. É este ponto que convém enfatizar.

No mestrado profissional espera-se que a pessoa, mesmo não pretendendo depois ser um pesquisador, incorpore certos valores e certas práticas com a pesquisa que façam dela, em definitivo, um usuário privilegiado da pesquisa. O que se almeja é algo aparentemente simples, mas bastante ambicioso e difícil: que o aluno entenda a importância da pesquisa em sua área profissional, que saiba onde encontrar a pesquisa ainda não feita mas que se fará no futuro – e, finalmente, que seja capaz de incorporá-la em seu exercício da profissão.

No caso do mestrado profissional, se não se espera que o aluno conteste as teorias utilizadas, quer-se pelo menos que aplique efetivamente a pesquisa – tanto, hoje, a que ele estudou e realizou em seu trabalho pós-graduado quanto, no futuro, a de que ele vier a tomar conhecimento – em seu trabalho profissional. Isso não é nada trivial, e por isso mesmo a Capes tem enfatizado que o mestrado profissional não pode ser visto como uma titulação menor. Alguns de seus desafios são tão altos ou mesmo maiores que o do mestrado acadêmico”.

É possível lecionar no magistério superior tendo cursado um Mestrado Profissional?

Com certeza. Como foi explicado na questão anterior, a única distinção existente entre um Mestrado Profissional e um Mestrado Acadêmico é seu foco acadêmico. No Mestrado Profissional, as linhas de pesquisa são mais amplas e voltadas principalmente ao Mercado de Trabalho.

O Mestrado Acadêmico, mais teórico, é voltado exclusivamente à docência. No entanto, a conclusão de um Mestrado Profissional também dará ao aluno a possibilidade de lecionar ou fazer parte de um doutorado. Normalmente quando se abrem editais para docência em Faculdades, Universidades ou Institutos, exige-se a titulação "Mestre" ou "Doutor" sem fazer menção ao tipo Profissionalizante ou Acadêmico.

O Curso é recomendado pelo MEC (Capes)?

O Curso de Mestrado Profissional em Gestão de Políticas Públicas da Univali recebeu a recomendação da Capes em dezembro de 2004 com conceito 3. A Capes é a agência do Ministério da Educação responsável pela avaliação de cursos de mestrado e doutorado no Brasil. Somente cursos recomendados pela Capes têm diplomas válidos junto às Instituições de Ensino Superior do Brasil.

Onde o curso está sediado?

O Curso de Mestrado Profissional em Gestão de Políticas Públicas está sediado no Campus da Univali no município de Itajaí/SC. As disciplinas são ministradas na sala 410 - Setor D1 (Centro de Ciências Jurídicas, Políticas e Sociais – Cejurps) no Campus Itajaí.

O Curso é pago?

Sim. Por ser uma universidade privada, a Univali depende de mensalidades dos seus alunos para custear o funcionamento dos seus cursos.

Qual é o valor do Curso?

Informações a respeito do custo do Curso podem ser obtidas diretamente com a Secretaria do Curso pelo endereço pmgpp@univali.br

Quando e como ocorre o processo seletivo para ingresso no PMGPP?

A seleção do Mestrado Profissional em Gestão de Políticas Públicas ocorre anualmente no segundo semestre. O Edital é publicado em setembro e as inscrições ocorrem de setembro a outubro. Em novembro é realizado o processo seletivo conforme especificado em Edital. Os candidatos aprovados farão suas matrículas e iniciarão as atividades no mês de fevereiro do ano consecutivo.

Quantas vagas são oferecidas no processo seletivo para ingresso de novos alunos?

Anualmente são oferecidas 25 vagas para o ingresso de novos alunos.

O Curso é presencial ou à distância?

O Curso é presencial. A Univali ainda não oferece cursos Stricto Sensu (Mestrado ou Doutorado) com aulas à distância.

Qual é a duração do Curso?

O Curso tem duração máxima de 24 meses. No primeiro ano, o aluno cursará as disciplinas; no segundo ano, o mestrando qualificará seu projeto de dissertação e realizará pesquisa dirigida à elaboração de uma dissertação  (ou trabalho de conclusão) a ser defendida em banca pública no final do Curso.

Quais os dias e os horários das aulas?

As aulas das disciplinas do Curso ocorrem quinzenalmente, exceto quando há feriados locais ou nacionais nos dias de aula e serão concentradas nas quintas-feiras (19:00 às 22:30) e nas sextas-feiras (13:30 às 22:30).

Quantas e quais são as linhas de pesquisa do Curso?

O Curso de Mestrado Profissional em Gestão de Políticas Públicas está estruturado em duas linhas de pesquisa:

  • Dinâmicas Institucionais das Políticas Públicas;
  • Políticas Públicas: Aspectos Socioculturais, Territorialidade e Sustentabilidade Ambiental

É possível entrar em contato direto com os professores do Curso?

Sim. O Corpo Docente do PMGPP é bastante acessível e freqüentemente encontram-se disponíveis em suas salas de orientação. Os interessados em obter mais informações sobre os temas de pesquisa e projetos de pesquisa dos professores, assim como oportunidades para dissertações de mestrado, podem entrar em contato direto com os professores do Curso.

Seus endereços de e-mail estão disponíveis no link Docentes. Qualquer dúvida adicional pode ser encaminhada ao endereço pmgpp@univali.br, dirigindo-se a mensagem ao Coordenador do Curso.

Onde se pode obter informações sobre a experiência acadêmica e profissional dos professores?

No link Docentes, há também os links para o currículum vitae de cada professor na Plataforma Lattes do CNPq.

Como é o sistema de avaliação nas disciplinas de um curso de mestrado?

O sistema de avaliação em disciplinas de um curso de mestrado depende da característica de cada disciplina e do professor. Ele pode incluir provas, elaboração de artigos e  relatórios, seminários, entre outros instrumentos. Não existe uma regra quanto a isso. O importante da avaliação é que ela estimule o aluno a estudar e a consolidar os assuntos tratados na disciplina e que permita verificar o nível de aprendizado alcançado. A avaliação tende a diferir um pouco da graduação quanto ao grau de exigência, pois o nível de profundidade dos estudos é maior no mestrado.

Quem pode se inscrever no Processo Seletivo para o Curso?

Por se tratar de um Programa reconhecido pela CAPES na área “Multidisciplinar”, poderão inscrever-se todos os interessados, independente da sua formação superior, desde que portadores de Diploma de Graduação de Curso Superior em cursos reconhecidos pela Legislação Brasileira.

Quais são os documentos exigidos para inscrição?

  • Fotocópia da Carteira de Identidade (RG);

  • Fotocópia do Cartão CPF (Cadastro de Pessoa Física);

  • Fotocópia da Certidão de Nascimento ou de Casamento;

  • Fotocópia autenticada do Diploma de Curso Superior (ou declaração da Instituição de Ensino informando que o aluno concluiu o curso ou está cursando o último semestre);

  • Fotocópia autenticada do Histórico Escolar do Curso Superior;

  • 01 (uma) foto 3 x 4 recente;

  • Curriculum Vitae preenchido no formulário Lattes CNPq com  cópia simples dos documentos comprobatórios das informações declaradas;

  • Formulário de manifestação ou intenção de pesquisa;

  • Comprovante do pagamento da taxa de inscrição.

  • Requerimento de inscrição devidamente preenchido e assinado.

Como se obtém o boleto bancário para o pagamento da taxa de inscrição?

A emissão automática do boleto bancário personalizado para pagamento da taxa de inscrição é disponibilizado no link Processo Seletivo. É necessário preencher um cadastro para que o boleto seja emitido no nome do(a) candidato(a).

É possível realizar a inscrição via Sedex?

A inscrição poderá ser feita por via postal, desde que a remessa seja por Sedex ou similar, contendo todos documentos previstos no Edital. Somente serão apreciados os pedidos de inscrição cuja postagem tenha ocorrido, comprovadamente, até o prazo limite estabelecido no edital. A documentação deve ser encaminhada ao endereço postal: 

Universidade do Vale do Itajaí – Univali – Campus de Itajaí

Centro de Ciências Jurídicas, Políticas e Sociais - CEJURPS

Programa de Mestrado Profissional em Gestão de Políticas Públicas - PMGPP

Rua Uruguai, 458 - Centro - Setor D1 - Sala 412

CEP: 88.302-202 – Itajaí/SC

É possível revalidar disciplinas cursadas em outros cursos de mestrado?

Disciplinas cursadas como aluno especial ou regular em Programas de Pós-Graduação Stricto Sensu (Mestrado ou Doutorado) recomendados pela CAPES poderão ser revalidadas, desde que se atenda a critérios definidos no regimento do Curso.

A revalidação de uma disciplina reduz o valor da mensalidade?

Na maioria dos casos, a revalidação de uma disciplina não implica em desconto na mensalidade, apenas incrementa o número de créditos já cumpridos pelo aluno, o qual deve cursar ao menos 24 créditos em disciplinas.  A exceção ocorre quando o aluno já cursou disciplina do próprio Mestrado em Gestão de Políticas Públicas da Univali, na condição de Aluno Especial Externo.

O que é um Aluno Especial?

O Aluno Especial é um aluno que não ingressa no Mestrado em Gestão de Políticas Públicas pelo processo seletivo e que se matricula apenas para cursar disciplinas isoladas.

Quais os benefícios para um Aluno Especial Externo?

As disciplinas cursadas (com aprovação) como aluno especial do Mestrado em Gestão de Políticas Públicas podem ser revalidadas caso ele ingresse no Curso como aluno regular. Isso reduz o número de disciplinas que ele deverá cursar, o que lhe possibilitará concluir o curso em um menor prazo ou disponibilizar mais tempo para atividades de estudo e pesquisa.

A matrícula como Aluno Especial Externo isenta o candidato de participar de processo seletivo para ingresso como aluno regular?

Não. O postulante a ingressar como aluno regular deve participar do processo seletivo como qualquer outro candidato, independentemente de ter ou não cursado disciplinas como aluno especial.

Maiores informações sobre esta "modalidade" estão disponíveis no link Alunos Especiais.

Outras dúvidas

Entre em contato com a Secretaria do PMGPP através do email pmgpp@univali.br ou pelo fone 47-3341-7847

 

Copyright - univali.br - 2017 - Todos os direitos reservados

Perguntas frequentes