• Univali
  • Notícias
  • Vencedores do Global Legal Hackathon desenvolveram propostas na área jurídica

Vencedores do Global Legal Hackathon desenvolveram propostas na área jurídica

Maratona de inovação ocorreu no Campus Itajaí


por Natália Uriarte Vieira | 11/03/2020

A Gestalt Open Innovation, em parceria com a Escola de Ciências Jurídicas e Sociais e o Núcleo de Inovação Tecnológica (Uniinova) da Univali, realizou, entre os dias 6 e 8 de março, o Global Legal Hackathon 2020. O evento reuniu mais de 100 participantes no Espaço do Conhecimento Compartilhado do Campus Itajaí, em 54 horas de maratona para o desenvolvimento de soluções que melhorem o acesso à justiça por meio da tecnologia.

 2020-03-11- Hackathon 2.jpg

Participaram da etapa regional designers, desenvolvedores, empreendedores, profissionais da área jurídica e outros interessados no tema. A equipe Data Certify foi a vencedora da maratona. Em segundo lugar ficou a Smart Review, seguida da Help Law que obteve a 3ª colocação. As três primeiras colocadas foram premiadas.

A equipe ganhadora apresentou uma plataforma que certifica e valida documentos, diminuindo o tempo e o custo. A tecnologia utilizada, “blockchain”, garante a imutabilidade e a certificação do tempo em que ocorreu o registro, reduzindo insegurança, custos, tempo e espaço físico, diante da dispensabilidade em manter o documento físico no local de trabalho, residência e em outros locais. Um exemplo disso será a redução do elevado valor dispendido para a lavratura de uma ata notarial. Em São Paulo, por exemplo, a primeira folha da ata ultrapassa o montante de R$ 400,00, valor que dificulta o próprio acesso à justiça. A solução visa garantir, por meio de uma plataforma confiável, a validade de documentos, fotos, áudios e vídeos enviados, assegura também a celeridade e inalterabilidade do que foi registrado, gerando maior facilidade para clientes, que consistem em advogados; empresas; pessoas físicas, dentre outros.

O Global Legal Hackathon aconteceu simultaneamente em 21 países, em 40 cidades. No Brasil, as cidades escolhidas para sediar o evento foram Aracaju, Belo Horizonte, Cuiabá, Curitiba, Florianópolis, Fortaleza, Manaus, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro e São Paulo, além de Balneário Camboriú e Itajaí que realizaram a edição regional em conjunto.

No dia 22 de março, encerra o prazo final para a submissão de ideia na etapa final, que ocorrerá em Londres. Os detalhes e mais informações sobre o evento estão disponíveis em https://www.sympla.com.br/global-legal-hackathon-2020__772200.

 2020-03-11-Hackathon 2020.jpg

  • Compartilhe:

Comentários



Voltar para todas as notícias

Copyright - univali.br - 2020 - Todos os direitos reservados