• Univali
  • Notícias
  • Egresso de História aprova projeto baseado na proposta do “ContArte”

Egresso de História aprova projeto baseado na proposta do “ContArte”

Projeto foi submetido e obteve nota máxima na Lei de Incentivo à Cultura de Camboriú (SC)


por Natália Uriarte Vieira | 03/12/2019

Itajaí/ Camboriú - O projeto “Contos e Encontros: pesquisa, montagem e fruição", de autoria do egresso do curso de História da Universidade do Vale do Itajaí (Univali), Guilherme Moura, foi aprovado no primeiro edital da Lei de Incentivo à Cultura de Camboriú (SC), na área de Literatura e Biblioteca. A proposta obteve a nota máxima entre os concorrentes (95) e baseia-se no ContArte, um dos eixos do projeto de extensão Proler da Escola de Educação, que leva arte e cultura a toda a região por meio de contações de história em formato de leitura dramática.

2019-05-15- Proler Contarte3.png 

Durante a graduação, Moura integrou por dois anos o ContArte. A vivência, segundo ele, o motivou a levar o fomento à leitura para sua cidade. “Sempre brinco que saí do ContArte, mas o ContArte não saiu de mim. Foi uma experiência maravilhosa tanto para a minha carreira profissional na docência como para o meu desenvolvimento pessoal. Agora, graças a isso e a amigos que conduzirão o projeto comigo, a ideia se concretizará em Camboriú", comenta. Com ele estarão três amigos da cidade que fizeram parte de uma escola de teatro com o egresso - Sidney Gabriel, também graduado em Direito pela Univali, Ana Marcolina, atriz e diretora, e Josiane Onofre, estudante da rede pública de ensino de Camboriú. Juntos, eles criaram o novo projeto, que deve iniciar a partir de março de 2020.

Assim como o ContArte, o projeto aprovado tem foco na leitura. Inicialmente, o quarteto fará uma pesquisa para saber como está a prática da leitura nas escolas municipais de Camboriú. Os dados coletados serão disponibilizados posteriormente à Secretaria da Educação do Município. Depois, o grupo visitará todas as escolas da rede municipal, levando a contação de história aos alunos dos Anos Iniciais e Finais do Ensino Fundamental. As contações terão a mesma abordagem do projeto da Univali, ou seja, leituras dramáticas de textos clássicos e de livros premiados pela Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil, regadas com poesia, música e jogos.

No encerramento do ciclo de atividades do “Contos e Encontros" haverá ainda uma oficina de contação de história aos professores e demais interessados. Neste e em outros encontros em que for possível a conciliação de horários, a professora Cleide Pareja, responsável pelo ContArte e docente da Escola de Educação da Univali, acompanhada de acadêmicos bolsistas do grupo, devem participar com apresentação de questões teóricas e relatos de vivência.

“Ter um projeto proposto pelo Guilherme Moura aprovado, baseado no nosso modelo da Univali como base é a prova de que transformamos não apenas o público contemplado, mas os acadêmicos que por ele passaram e agora fazem história, ampliando o nosso campo de atuação. É o ContArte abrindo novos horizontes", ressalta a professora Cleide.

Mais informações: (47) 3341-7504, no curso de História da Univali | (47) 3341-7919, na Escola de Educação.

 

  • Compartilhe:

Comentários



Voltar para todas as notícias

Copyright - univali.br - 2019 - Todos os direitos reservados

Egresso de História aprova projeto baseado na proposta do “ContArte”