Fisioterapia

Campus Itajaí

4

conceito mec


2017

5

conceito enade


2019

Extensão


A Extensão Universitária constitui objetivo a ser alcançado por todas as Instituições de Ensino Superior Comunitárias, engajadas no processo de desenvolvimento nacional. É inegável que as ações de extensão, historicamente desenvolvidas pela Universidade do Vale do Itajaí, beneficiaram e vêm beneficiando uma parcela significativa da população catarinense.

As atividades de extensão do curso de Fisioterapia centram-se nos seguintes projetos: Convívio homem/animal e sua relação com a saúde, responsabilidade social e ambiental; Convivendo com Síndrome de Fibromialgia e Assessoria na construção de rede de apoio para sujeitos afásicos de Itajaí e região.

Foto1.jpg

Convívio homem/animal e sua relação com a saúde, responsabilidade social e ambiental

O curso de Fisioterapia tem parceria com a ONG chamada Pequenos Doutores que é caracterizada como uma associação sem fins lucrativos que está apoiada na ação voluntária de um grupo multiprofissional, cujo objetivo é levar carinho, atenção e alegria às pessoas por intermédio de atividade, terapia e educação assistida por animais. Neste caso, o animal escolhido foi o cão.

O grupo pretende criar ambientes confortáveis para os assistidos, dando-lhes a oportunidade de interagir com os animais, elementos imparciais, não julgadores, capazes de se doarem sem pedir nada em troca. Nas visitas com cães, estes permanecerão na guia, juntamente com o voluntário que o acompanha, para que a concentração dos animais seja focada no assistido. O projeto está em atividade desde 2015 na modalidade extensão, envolvendo os cursos de Ciências Biológicas, Fisioterapia e Fonoaudiologia. O público alvo engloba pessoas com deficiências, incapacidades e necessidades especiais, bem como alunos de 30 Escolas Municipais de Itajaí. 

Convivendo com Síndrome de Fibromialgia

Desde 2003, a Escola de Ciências da Saúde e o curso de Fisioterapia, vem se engajando na causa do cuidado a pessoas com dor crônica. O Programa de Assistência Interdisciplinar a Mulheres com Síndrome de Fibromialgia existe desde o ano de 2003 vinculado ao curso de Fisioterapia e, em 2007, o curso de Psicologia se inseriu nas atividades do Programa. Em 2011 quando o Programa foi configurado na modalidade de Extensão Universitária o curso de Nutrição passou a fazer parte das atividades.

O objetivo principal do projeto é oferecer atendimento interdisciplinar a mulheres com Síndrome de Fibromialgia por meio de tratamento/cuidado integral. Para atingir tais objetivos integram ao Programa oito acadêmicos do Curso de Fisioterapia, dois acadêmicos do Curso de Psicologia e um acadêmico do Curso de Nutrição. Além de fornecer dados e ferramentas para pesquisas e estudos nesses cursos e de outros cursos da Escola, estas ferramentas são utilizadas na construção e aplicação de modelos de assistência que atendam a necessidades de tal população.

Estima-se que ocorra em média uma entrada de 25 mulheres por semestre, que se somam as mulheres que permanecem no programa do semestre anterior, totalizando 40 mulheres que participam ativamente do processo terapêutico proposto. Com o tempo de atividade do Programa temos uma média de mais de 400 mulheres com diagnóstico de Síndrome de Fibromialgia que receberam cuidado/tratamento de forma integral na Universidade do Vale do Itajaí.

O impacto de tal método foi demonstrado através do relato das participantes tendo como resultados a diminuição da queixa de dor, diminuição da dependência medicamentosa, a construção por parte das participantes, de um cotidiano de independência dos serviços de saúde que a cercam, melhora de esquema e imagem corporal, permitindo ao corpo novas sensações que não sejam somente a dor, adoção de uma postura de enfrentamento com relação a suas queixas, melhora das inter-relações familiares e sociais.

Assessoria na construção de rede de apoio para sujeitos afásicos de Itajaí e região

Grupo de Afásicos da Univali existe há mais de seis anos e, embora inicialmente tenha sido criado para o desenvolvimento de atividades estritamente de cunho terapêutico e de reabilitação, atualmente, ele tem o caráter de promotor de práticas comunicativas e de promoção da saúde, com vistas à reinserção social dos seus participantes. Para muitos afásicos o referido Grupo é o único espaço em que se sentem compreendidos, escutados e respeitados.

Diante das situações de isolamento e exclusão social e familiar do indivíduo afásico, nasceu a idéia da construção de uma Associação de Apoio a Afásicos, tendo em vista que não há no município qualquer política pública ou alguma organização privada que venha atender as necessidades mínimas dessa comunidade, para que eles possam continuar a viver de forma digna.

A finalidade desse projeto é: Estimular e assessorar a formação de uma rede de apoio a sujeitos afásicos na região da Foz do Rio Itajaí; contribuir para a manutenção das atividades dos Grupos de Afásicos e de Cuidadores de Afásicos; Sistematizar atividades de cunho multiprofissional desenvolvidas nos Grupos de Afásicos e de Cuidadores de Afásicos; Oferecer suporte técnico para as atividades comunicativas e de educação e promoção à saúde para a comunidade afásica e seus familiares; Capacitar profissionais, estudantes, cuidadores, familiares e demais envolvidos com o sujeito afásico para as trocas comunicativas; Informar e orientar a comunidade em geral sobre as características do sujeito afásico, bem como sobre suas necessidades e potencialidades, e recursos necessários para uma comunicação efetiva; Sensibilizar sujeito afásicos, familiares, amigos, profissionais da saúde e comunidade em geral para a formação de uma rede de apoio; Instrumentalizar sujeitos afásicos,familiares e demais envolvidos na/para a construção de uma organização de apoio; Contribuir para a identificação e sistematização de atividades ocupacionais a serem desenvolvidas pelos afásicos na associação.


São integrantes do grupo de extensão afásicos docentes dos cursos de Fonoaudiologia, Fisioterapia e Farmácia e acadêmicos bolsistas e voluntários dos cursos de Fisioterapia, Enfermagem, Fonoaudiologia, Música, Jornalismo, Farmácia, Medicina, Direito e Psicologia.


Dados Gerais

Titulação

Fisioterapeuta

Atos Regulatórios

​​​Reconhecimento: Decreto Estadual nº 1.736, de 23/10/2000

Renovação do Reconhecimento: Decreto Estadual nº 4.012, de 16/02/2006

2ª Renovação do Reconhecimento: Decreto Estadual nº 3.758, de 22/12/2010

3ª Renovação do Reconhecimento: Portaria MEC nº 763, de 21/07/2017

Carga Horária

4.005 horas

Duração

​10 semestres

Turno de Funcionamento

Matutino e Noturno

este curso está vinculado à Escola de Ciências da Saúde

vídeos

Copyright - univali.br - 2021 - Todos os direitos reservados