• Univali
  • Notícias
  • Univali entrega segundo lote de Mapas de Bordo digitados à Secretaria de Aquicultura e Pesca

Univali entrega segundo lote de Mapas de Bordo digitados à Secretaria de Aquicultura e Pesca

Iniciativa visa recuperar e disponibilizar dados essenciais para a gestão da atividade pesqueira


por Roberta Ramos | 04/08/2022

A Universidade do Vale do Itajaí (Univali) concluiu a segunda etapa de digitação de Mapas de Bordo realizada em parceria com a Secretaria de Aquicultura e Pesca do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

A iniciativa visa recuperar e disponibilizar dados essenciais para a gestão da atividade pesqueira. A ação, promovida por meio do acordo de cooperação nº 76/2020, está viabilizando a triagem e digitação de Mapas de Bordo entregues em meio físico por armadores e empresas de pesca aos órgãos competentes nos últimos 15 anos.

Mapas de Bordo Univali 04-08-2022.jpg

A digitação é realizada por uma equipe vinculada ao Projeto de Monitoramento da Atividade Pesqueira em Santa Catarina (PMAP-SC), conduzido pela Univali desde 2016. Nesta segunda etapa foram remetidos para triagem e digitação de mais de 3.400 Mapas de Bordo, incluindo formulários com dados que estão sendo reportados pelo Brasil à Comissão Internacional para Conservação do Atum do Atlântico (ICCAT) como parte das obrigações do país junto à Organização Regional de Ordenamento Pesqueiro (OROP).

Os Mapas de Bordo são os formulários oficiais para a obtenção de dados sobre esforço de pesca e capturas efetuadas em cada cruzeiro de uma embarcação de pesca. As informações prestadas nesses formulários têm finalidade de monitoramento e pesquisa, como subsídio ao ordenamento pesqueiro. Os critérios e procedimentos para preenchimento e entrega de Mapas de Bordo estão regulamentados pela Instrução Normativa MPA nº 20, de 2014.

“O objetivo é transformar os dados registrados em formulários de papel em informações que poderão ser acessadas pelos diversos setores de interesse e utilizadas para fins de gestão da atividade. Modernizar esse procedimento é certamente um grande avanço para o setor pesqueiro e demonstra a importância econômica da atividade ​no país em suas diversas modalidades. As informações poderão ser utilizadas em atividades de monitoramento, pesquisa e na tomada de decisões pelos órgãos de regulamentação do setor", explica o coordenador do Projeto de Monitoramento da Atividade Pesqueira em Santa Catarina, professor Roberto Wahrlich.

A primeira etapa do trabalho compreendeu 1.800 formulários referentes a cruzeiros de pesca com chegada nos estados de Santa Catarina, Rio Grande do Sul e São Paulo que foram entregues digitados à Secretaria de Aquicultura e Pesca em dezembro de 2021.

 

Mais informações: na Direção da Escola do Mar, Ciência e Tecnologia - (47) 3341-7541. 



  • Compartilhe:

Comentários



Voltar para todas as notícias

Univali

Copyright - univali.br - 2021 - Todos os direitos reservados

Política de Cookies

Política de Privacidade