Capelania


​Em 1989, durante a instalação da Universidade do Vale do Itajaí (Univali), foi incluído o projeto de edificação de uma Capela no seu campus sede.

Na solenidade de instalação da universidade, em 21 de março de 1989, em ato ecumênico presidido por Dom Afonso Niehues, Arcebispo Metropolitano de Florianópolis, foi dada a Bênção da Pedra Fundamental da futura Capela.

Dez anos depois, a Pastoral Universitária começou a tomar forma por iniciativa do Pároco do Santíssimo Sacramento, Pe. Alvino Broering.

Deste modo, no dia 30 de outubro de 2003, Dom Murilo Sebastião Ramos Krieger, arcebispo da Arquidiocese de Florianópolis (SC), criou a Capelania Especial “ad titulum personae" sob o título “Capelania Spiritus Veritatis" para a Univali, e nomeou Pe. Alvino Broering como seu Capelão. No mesmo dia, a implantação da capela foi aprovada pelo Conselho Universitário (CONSUN).

Brasão da Capelania

 

Tema: “Spiritus Veritatis– Espírito da Verdade

Lema: “Spiritus Veritatis Docebit Vos” – “O Espírito da Verdade vos ensinará”

Inspiração: “Cum autem venirit ille Spiritus Veritatis, docebit vos omnem veritatem – “Quando vier o Espírito da Verdade, Ele vos conduzirá à Verdade Plena” (Jo 16,13 a).



O Brasão, de autoria do Pe. Alvino Broering, indica a árdua luta na busca do conhecimento e da Sabedoria.

Elementos:

Pomba:mbolo do Espírito, sobre tons azuis (céu, local do Espírito); 

Capelo: é o homem em busca do conhecimento e da sabedoria, possíveis graças à Revelação do Espírito sobre tons claros (mundo, local da atuação do Espírito - oferecendo a paz);

Cruz: em tons dourados, demonstra a Aliança celebrada pelo Filho de Deus, Jesus Cristo, com 7 (sete) esferas (dons do Espírito);

Elo-Anel: une terra e céu, nos tons dourados (da Cruz).


Copyright - univali.br - 2019 - Todos os direitos reservados

Capelania