• Univali
  • Notícias
  • Reitor da Univali está entre os 100 mil pesquisadores mais influentes do mundo

Reitor da Univali está entre os 100 mil pesquisadores mais influentes do mundo

Valdir Cechinel Filho integra lista com apenas 600 brasileiros


por Wagner José Mezoni | 18/11/2020

Itajaí - Valdir Cechinel Filho, reitor da Universidade do Vale do Itajaí (Univali), está entre os 100 mil pesquisadores mais influentes do mundo, segundo estudo da Universidade de Stanford, nos Estados Unidos.

A pesquisa utiliza as citações da base de dados Scopus até 2019, e foi publicada, em outubro, no Journal Plos Biology. Ela utiliza dois rankings. Um deles analisa o impacto do pesquisador ao longo de sua carreira. O outro considera os impactos das pesquisas durante o ano 2019. Cechinel é destaque no ranking de carreiras. Apenas 600 outros pesquisadores do país, sendo 29 de Santa Catarina, integram a lista.

"Estar nesse seleto rol de pesquisadores é uma imensa honra e orgulho, e reflete a importância de colaborações científicas, pois a produção científica que permitiu esse reconhecimento está atrelada às colaborações com pesquisadores nacionais, internacionais e alunos tanto de graduação como de pós-graduação da Univali e de outras instituições de ensino superior. Cabe destacar também o imprescindível apoio dos órgãos de fomento incluindo a Fapesc, CNPq, Capes, Finep, CYTED entre outros", ressalta​ Cechinel.

Sobre Valdir Cechinel Filho

Valdir Cechinel Filho é reitor da Universidade do Vale do Itajaí (Univali) desde 2018 e pesquisador 1C do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

Atua como editor associado e assessor científico para inúmeros periódicos especializados e é autor de cerca de 50 livros, capítulos de livros e de cerca de 400 artigos científicos publicados em periódicos especializados nacionais e internacionais, além de 12 depósitos de patentes nacionais e internacionais.

Sua intensa atuação na ciência e tecnologia permitiu que recebesse da Fapesc, em 2012, o Prêmio Caspar Stemmer de Inovação, na categoria Protagonista de Inovação.

Também foi indicado, em 2013, como finalista do Prêmio Santander-Guia do estudante, pelo projeto desenvolvido em parceria com a Indústria Farmacêutica Eurofarma e, em 2015, foi indicado como finalista na categoria Ciência e Inovação, com o projeto intitulado “Busca de novos e efetivos agentes anticâncer a partir da biodiversidade brasileira”.

Além disso, em 2017, recebeu a 1ª Comenda de Mérito do Conselho de Reitores das Universidades Brasileiras (Crub), por sua contribuição à educação superior brasileira.

  • Compartilhe:

Comentários



Voltar para todas as notícias

Copyright - univali.br - 2020 - Todos os direitos reservados