Incubadora Tecnológica de Cooperativas Populares Univali - ITCP


A Incubadora Tecnológica de Cooperativas Populares (ITCP) apoia e fomenta o movimento da economia solidária na região de abrangência da Associação dos Municípios da Foz do Rio Itajaí (AMFRI) e na Grande Florianópolis. O trabalho da ITCP divide-se em quatro eixos: comercialização, catadores de materiais recicláveis, alimentação saudável e políticas públicas. As ações são direcionadas ao atendimento de empreendimentos econômicos solidários (EES), como cooperativas, associações e grupos produtivos informais, além do auxílio a outras entidades de apoio e fomento, gestoras e gestores públicos que atuam na economia solidária nestas duas regiões.

O que é economia solidária?

A Economia Solidária é uma prática regida pelos valores de autogestão, democracia, cooperação, solidariedade, respeito à natureza, promoção da dignidade e valorização do trabalho humano, no enfrentamento da exclusão social e da precarização do trabalho, sustentada por formas coletivas de geração de trabalho e renda.

Incubadora de cooperativas e empreendimentos solidários

As atividades de incubação possuem caráter interdisciplinar e configuram-se como assessorias na viabilidade técnica, econômica e organizacional dos EES, além da formação em economia solidária, articulação política (advocacy), acesso a crédito e o desenvolvimento de pesquisas acadêmicas.

A metodologia de trabalho está dentro de um processo de adequação sociotécnica, voltado ao desenvolvimento de tecnologias sociais a adequadas à realidade dos EES. Com esta metodologia atua-se interdisciplinarmente na modificação da forma de organização do trabalho associativo; aquisição de conhecimento produtivo pela gestão e concepção de produtos e processos; aumento da vida útil e/ou modificação das características dos bens ou serviços produzidos. Assim, a ação das ITCPs articula pesquisa, ensino e extensão.

As demandas originadas dos grupos de economia solidária congregam trabalhadores desocupados ou em situação de trabalho precário, sem dispor de capital acumulado previamente, na tentativa de empreender coletivamente a partir das experiências e qualificações profissionais, por meio da assessoria e formação para seus empreendimentos.

2019-03-08- feira.jpg

EIXOS DE T
RABALHO DA INCUBADORA

Catadores Gestão de Resíduos Sólidos
Atende empreendimentos econômicos solidários formados por catadores e catadoras de materiais recicláveis, focados em aspectos ligados às questões ambientais, jurídicas, sociais e políticas, considerados pontos centrais de trabalho dos empreendimentos. Também promove a inserção dos diferentes EES na implementação da Política Nacional dos Resíduos Sólidos. 
Produção, Comércio Justo e Consumo Responsável
Pautado em processos educativos, práticas de disseminação, experiências de produção e consumo responsável de produtos e serviços de forma justa e solidária, atende grupos da região da AMFRI e da Grande Florianópolis. Comércio justo e consumo responsável são suas parceiras, baseadas em diálogo, transparência e respeito, que buscam uma maior equidade nas relações comerciais. Contribui igualmente à sustentabilidade, proporcionando condições mais justas para os produtores e assegurando os direitos dos trabalhadores.
Alimentação Saudável
Voltado à consolidação de grupos ligados à agricultura familiar e produção orgânica, preza pelo respeito ao meio ambiente e valorização do trabalho local ou associado. Seu objetivo é incentivar a alimentação saudável pelo consumo de alimentos orgânicos, promovendo a agricultura agroecológica e a soberania alimentar.
Políticas Públicas
Focado no fortalecimento das configurações sociais, econômicas, políticas e culturais, que envolvem os atores de diferentes segmentos da economia solidária (empreendimentos econômicos solidários, gestoras e gestores públicos, entidades de apoio e fomento), bem como os processos educativos, e os limites e possibilidades da economia solidária como estratégia de desenvolvimento. Para isso atua no Fórum Litorâneo de Economia Solidária, composto por representantes de 13 municípios da região da AMFRI e na região da Grande Florianópolis, que congrega 21 municípios.
Rede Catarina de Cooperação Solidária
No início de 2018, iniciaram as ações do Projeto "Tecendo a Rede Catarina de Cooperação Solidária nas regiões da Grande Florianópolis e do Litoral Norte de Santa Catarina". Com isso, a ITCP pretende contribuir na articulação de diferentes atores da economia solidária para a formação da Rede Catarina de Cooperação Solidária. A ação aspira somar esforços para o fortalecimento das políticas públicas, conjugando atividades de produção e comercialização de produtos, serviços, finanças solidárias, educação, formação e assessoramento aos agentes de economia solidária, além de gestoras e gestores públicos atuantes nos Fóruns Regionais de Economia Solidária Litorâneo (AMFRI) e da Grande Florianópolis.  O projeto pauta-se em metodologias participativas, no envolvimento de sujeitos e instituições (públicas e privadas) para a solução de problemas, aprimoramento das potencialidades e vocações da economia solidária, na promoção do desenvolvimento territorial destas duas regiões.


Mais informações:

Bloco F7 – sala 407 - Univali - Campus Itajaí
Fone: (47) 3341-7968 / 3341-7997
E-mail: itcp@univali.br




Copyright - univali.br - 2019 - Todos os direitos reservados

Incubadora Tecnológica de Cooperativas Populares Univali - ITCP