SharePoint
  • Univali
  • Notícias
  • Univali inaugura Unidade de Estabilização de Animais Marinhos, em Penha

Univali inaugura Unidade de Estabilização de Animais Marinhos, em Penha

O Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos  vai entregar até o final de 2017 mais três unidades que atenderão os estados de Santa Catarina e São Paulo


por Deborah Garcia Boeira | 06/04/2017

Penha - Na segunda-feira, 10 de abril, o Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos, PMP-BS, coordenado pela Universidade do Vale do Itajaí (Univali), realizará a entrega de uma Unidade de Estabilização de animais marinhos na cidade de Penha, em Santa Catarina. Esta é uma das ações do projeto que visa à criação de uma rede de atendimento a fauna marinha nos estados de Santa Catarina, Paraná e São Paulo.


As Unidades de Estabilização serão espaços devidamente equipados para realização do atendimento veterinário inicial de aves, tartarugas e mamíferos marinhos resgatados no monitoramento das praias. Após este primeiro atendimento, caso necessário, a unidade encaminhará o animal ao Centro de Reabilitação e Despetrolização mais próximo, onde os animais terão um atendimento completo, podendo ficar reabilitação por períodos mais longos. Já em casos de óbito, a unidade é capacitada para realizar necropsia dos animais ou das carcaças. 

A sede de Penha é a primeira obra finalizada. Ao todo o PMP-BS irá entregar até o final do ano de 2017 mais três Unidades de Estabilização que já estão em processo de construção em Santa Catarina, nas cidades de Laguna e São Francisco do Sul, e em São Paulo na cidade de São Sebastião. Também estão previstas as entregas de cinco Centros de Reabilitação e Despetrolização construídos nas cidades de Florianópolis, Santa Catarina, em Pontal do Paraná, no Paraná, e Ilha Comprida, Guarujá e Ubatuba, em São Paulo. Além destes dois tipos de estruturas, o projeto conta com mais três Bases de Apoio, em Imbituba, Santa Catarina, na Ilha de Superagui, no Paraná, e Praia Grande, em São Paulo.

Segundo André Silva Barreto, pesquisador da Univali e coordenador geral do projeto, “Estas bases são muito importantes para as atividades do projeto, pois estão melhorando a capacidade de atendimento das equipes de resgate e reabilitação. Todas estas estruturas serão um legado que o projeto deixará para as comunidades costeiras, para que no futuro possam continuar reabilitando a fauna marinha, que infelizmente vem sofrendo muito por causa de atividades humanas”.

Projeto de Monitoramento de Praias (PMP-BS)

O Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS) é uma atividade desenvolvida para o atendimento de condicionante do licenciamento ambiental federal das atividades da Petrobras de produção e escoamento de petróleo e gás natural no Pólo Pré-Sal da Bacia de Santos, conduzido pelo Ibama e tem como objetivo avaliar os possíveis impactos das atividades de produção e escoamento de petróleo sobre as aves, tartarugas e mamíferos marinhos, através do monitoramento das praias e do atendimento veterinário aos animais vivos e mortos.

A Univali é a responsável pela coordenação e execução destas atividades junto a uma rede de instituições que atua ao longo do litoral. São elas: Associação R3 Animal, Instituto Argonauta, Instituto Gremar, Instituto de Pesquisas Cananéia (IPeC), Universidade da Região de Joinville (Univille), Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), Universidade de São Paulo (USP), Universidade Federal do Paraná (UFPR), Instituto Australis (Projeto Baleia Franca), Projeto Biopesca, e Fundação Pró-Tamar. 

SERVIÇO
Laboratório de Reabilitação de Aves Marinhas
Base de Pesquisa da Unidade da Univali em Penha
Avenida Itacolumi, 228 - Armação - Penha - SC - CEP 88382-000 – Telefone: (47) 3345-5980.
  • Compartilhe:

Comentários



Voltar para todas as notícias

Notícias Relacionadas

Veja mais notícias.

Copyright - univali.br - 2017 - Todos os direitos reservados

Univali inaugura Unidade de Estabilização de Animais Marinhos, em Penha