SharePoint
  • Univali
  • Notícias
  • Projeto coordenado pela Univali inaugura unidades de estabilização de animais marinhos

Projeto coordenado pela Univali inaugura unidades de estabilização de animais marinhos

Os espaços são equipados para atender animais marinhos encontrados ao longo das atividades de monitoramento de praias


por Deborah Garcia Boeira | 03/11/2017

Santa Catarina - O Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS) coordenado pela Universidade do Vale do Itajaí realiza nos dias 8 e 9 a entrega de duas Unidades de Estabilização de Animais Marinhos nas cidades de São Francisco do Sul e Laguna. Esta é uma das ações do projeto que visa à criação de uma rede de atendimento a fauna marinha nos estados de Santa Catarina, Paraná e São Paulo.

PMP-BS_UDESC.jpg

As Unidades de Estabilização são espaços equipados para realização do atendimento veterinário inicial de aves, tartarugas e mamíferos marinhos resgatados no monitoramento das praias. Após este primeiro atendimento, caso necessário, a unidade encaminha o animal ao Centro de Reabilitação e Despetrolização mais próximo, onde os animais têm um atendimento completo, podendo ficar em reabilitação por períodos mais longos. Já em casos de óbito, a unidade é capacitada para realizar necropsia dos animais. As instalações também contam com uma ala administrativa destinada ao arquivamento de documentos, análise e processamento de dados, dentre outras atividades gerenciais e operacionais.

O PMP-BS é uma atividade desenvolvida para o atendimento de condicionante do licenciamento ambiental federal das atividades da Petrobras de produção e escoamento de petróleo e gás natural no Pólo Pré-Sal da Bacia de Santos, conduzido pelo Ibama.  O projeto tem como objetivo avaliar possíveis interferências das atividades de produção e escoamento de petróleo sobre as aves, tartarugas e mamíferos marinhos, por meio do monitoramento das praias e do atendimento veterinário a animais vivos e necropsia nos mortos.

PMP-BS_Atividades_Veterinário_UNIVILLE.jpg

A área de abrangência do monitoramento engloba os municípios litorâneos dos estados de Santa Catarina, Paraná, São Paulo. A Universidade do Vale do Itajaí (Univali) é a responsável pela coordenação e execução do projeto. Também executam o PMP-BS instituições da REMAB (Rede de Encalhe e Informação de Mamíferos Aquáticos do Brasil). São elas: Associação R3 Animal, Instituto Argonauta, Instituto Gremar, Instituto de Pesquisas Cananéia (IPeC), Universidade da Região de Joinville (UNIVILLE), Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), Universidade Federal do Paraná (UFPR), Instituto Australis (Projeto Baleia Franca) e Instituto Biopesca.

Dentro da estruturação do projeto está a construção de cinco Centros de Reabilitação e Despetrolização de Animais Marinhos (CRD), nos municípios de Ubatuba (SP), Guarujá (SP), Ilha Comprida (SP), Pontal do Paraná (PR) e Florianópolis (SC); cinco Unidades de Estabilização de Animais Marinhos (UE), em S. Sebastião (SP), Itanhaém (SP), S. Francisco do Sul (SC), Penha (SC) e Laguna (SC), além de bases de apoio em Praia Grande (SP) e no Parque do Superagui (PR).

Em abril a Univali inaugurou a primeira Unidade de Estabilização de Animais Marinhos na cidade de Penha. Agora, as obras finalizadas estão nas áreas sul e norte do litoral catarinense. Na região do litoral norte, mais precisamente nas cidades de São Francisco do Sul, Araquari, Itapoá e Barra do Sul, quem executada o PMP-BS é Universidade da Região de Joinville (Univille).  Para a implementação da Unidade de Estabilização de Animais Marinhos, o local escolhido foi o centro de pesquisas da universidade, localizado na cidade de São Francisco do Sul, no bairro de Iperoba. Já na região de Laguna e Imbituba, a instituição executora é a Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC). O local escolhido para a implementação da unidade foi um terreno da universidade, localizado na praia do Gi, região central do município de Laguna.

Com a construção destas estruturas, o PMP-BS qualifica a capacidade de atendimento das equipes de resgate e reabilitação, possibilitando a ampliação da rede de preservação da fauna marinha.

Mais informações: (47) 3341-7960, no Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos.

  • Compartilhe:

Comentários



Voltar para todas as notícias

Copyright - univali.br - 2017 - Todos os direitos reservados

Projeto coordenado pela Univali inaugura unidades de estabilização de animais marinhos