SharePoint
  • Univali
  • Notícias
  • Mulheres agricultoras socializam saberes populares sobre plantas medicinais

Mulheres agricultoras socializam saberes populares sobre plantas medicinais

Palestras e rodas de conversa vão abordar preparo, uso e cultivo das plantas medicinais


por Ana Paula Bazi | 14/05/2018

Itajaí - De geração em geração, o conhecimento sobre plantas medicinais se perpetua nas comunidades tradicionais e entre a população da zona rural. Para tratar desses saberes, o projeto de extensão Educação para Transformação: Meio Ambiente, Saúde e Gênero, realizará no dia 15 de maio, das 11h30 às 18h, no Bairro Rio do Meio, em Itajaí, um encontro para a troca de conhecimentos acerca de plantas medicinais utilizadas por mulheres agricultoras.

2018-05-14- medicinais.png

O evento terá dinâmicas, palestras dialogadas e rodas de conversa com a participação das agricultoras e de especialistas nas áreas de biodiversidade, biologia, medicina veterinária, botânica e engenharia ambiental, de diversas universidades. Serão discutidos mitos e verdades sobre as plantas medicinais, seu preparo, uso e cultivo.

Interessados em participar podem inscreve-se gratuitamente clicando aqui.

Projeto com mulheres agricultoras

O projeto Educação para Transformação foca no fortalecimento e consolidação da agroecologia que privilegie a sustentabilidade com sistemas produtivos orgânicos, desenvolvimento de atividades de educação continuada e transição do sistema convencional para sistemas de produção agroecológicos.

O programa já beneficiou cerca de 100 famílias de agricultores de Itajaí promovendo educação popular em saúde, meio ambiente, e relações de gênero para o desenvolvimento social, econômico e ambiental da agricultura familiar estimulando a participação cidadã como estratégia de mudança e autonomia.

Mais informações: (47) 3341-7712, com Márcia Gilmara Marian Vieira, coordenadora do projeto.


  • Compartilhe:

Comentários



Voltar para todas as notícias

Copyright - univali.br - 2017 - Todos os direitos reservados

Mulheres agricultoras socializam saberes populares sobre plantas medicinais