Bolsa Integração Comunitária

A Bolsa Integração Comunitária tem o intuito de auxiliar os estudantes a custearem parte de suas parcelas da semestralidade e  agregarem valor aos seus currículos acadêmico e profissional, e estimular o desenvolvimento de posturas e valores voltados à formação cidadã.

Qual o percentual do benefício?

25% (vinte e cinco por cento) do valor parcelas da semestralidade para acadêmicos que cumpram os requisitos especificados na Resolução n.º 032/CAS/2016.

Quais os requisitos para a concessão?

• Ser aluno ingressante;

• Não possuir débito de qualquer natureza junto à Fundação UNIVALI, inclusive na condição de responsável financeiro;

• Ter o pedido deferido pela Coordenação do respectivo Curso, para participar do projeto de extensão vinculado à Bolsa Integração Comunitária, conforme Edital correspondente;

• Ser aluno regularmente matriculado em no mínimo 20 (vinte) créditos de um curso de graduação da UNIVALI que conste no Edital correspondente.

Onde se inscrever e quais documentos devo apresentar?

• Após o ato da matrícula, o aluno poderá solicitar a Bolsa Integração Comunitária, preenchendo o requerimento específico para a solicitação da bolsa, na Secretaria Acadêmica;

• O aluno deverá entregar o requerimento de solicitação da Bolsa na Coordenação do Curso em que o aluno estiver regularmente matriculado, até o dia 25 de fevereiro de 2017.

Como acontece o processo de seleção e como fico sabendo o resultado?

• O critério de seleção para obtenção da Bolsa no Curso será a ordem cronológica de apresentação do requerimento, ou seja, caso haja mais inscritos do que o número de bolsas concedidas, a data e horário do requerimento serão os fatores decisivos para a obtenção da bolsa;

• A divulgação dos classificados para obtenção da Bolsa Integração Comunitária será realizada via Edital, no dia 03 de março de 2017, no site www.univali.br/bolsas e www.univali.br/editais.

Como faço para manter a bolsa?

• Estar adimplente;

• Cumprir 20 (vinte) horas de atividades de ensino, pesquisa ou extensão dentro do prazo estipulado pelo cronograma do Projeto de Extensão que a Bolsa Integração Comunitária estiver vinculada;

• Ter frequência de, no mínimo, 75% (setenta e cinco por cento) nos encontros presenciais previamente definidos em cronograma do Projeto de Extensão;

• Obter aproveitamento acadêmico em pelo menos, 75% (setenta e cinco por cento) das disciplinas cursadas no semestre anterior que incidiu o benefício que trata este Edital. Em caso de rendimento acadêmico abaixo de 75%, o acadêmico poderá, por até duas vezes (consecutivas ou não), solicitar a justificativa de reprovação, que será analisada pela Gerência de Atenção ao Estudante;

• Não desistir/abandonar, cancelar, transferir-se para outra instituição de ensino, trancar a matrícula, ser desligado na forma regimental;

• Assinar o recibo da prestação de contas na Coordenação do Curso;

• Protocolar o pedido semestralmente para renovação da bolsa na Secretaria Acadêmica.

Quais as características da Bolsa?

• O trancamento da matrícula, o cancelamento, a desistência, o abandono, a transferência para outra instituição de Ensino Superior, a transferência para outro Campus ou Curso de Graduação da UNIVALI ou o desligamento do aluno, na forma regimental, implicam no cancelamento do benefício;

• O não cumprimento pelo aluno das obrigações da Bolsa Integração Comunitária resultará na perda automática do benefício.

Qual as regras de recebimento do benefício?

• O aluno poderá optar pela Bolsa Integração Comunitária após o ato da matrícula, e caso o pedido seja deferido, esta será repassada sob a forma de benefício nas parcelas da semestralidade;

• A concessão do benefício incidirá nas 6 (seis) parcelas da semestralidade, após o deferimento do pedido pela Coordenação do respectivo Curso, atendidas as disposições do Edital em vigor e da Resolução nº 032/CAS/2016;

• O benefício relativo à primeira parcela da semestralidade será lançado proporcionalmente na próxima parcela do referido semestre.

• O pagamento fora do vencimento implica a não incidência da bolsa na parcela inadimplida;

• A Bolsa Integração Comunitária não tem efeito retroativo e não gera direito adquirido, sendo que incidirá após deferimento do pedido pela Coordenação do Curso em que o aluno está regularmente matriculado, atendidas as demais disposições do Edital em vigor e da Resolução nº032/CAS/2016, sendo aplicado somente para o semestre do requerimento;

• Por se tratar de benefício, poderá ser revogado a qualquer tempo, bem como terá, em qualquer caso, validade exclusiva para o semestre requerido;

• A Bolsa Integração Comunitária é um benefício que não será concedido de forma cumulativa com outro tipo de benefício, exceto financiamento estudantil e Prouni, desde que não ultrapasse a integralidade do valor de cada parcela.

Como funciona o Projeto de Extensão?

• As atividades do projeto de extensão ocorrerão no período estipulado por cada Coordenação de Curso;

• O cronograma dos encontros presenciais será apresentado em reunião agendada pela Coordenação do Curso;

• As atividades a serem desenvolvidas pelos beneficiários da Bolsa Integração Comunitária são constituídas tendo como base os requisitos legais e normativos definidos pelas políticas de avaliação do Ministério da Educação, bem como por temas emergentes das áreas de conhecimento dos cursos envolvidos;

• As atividades do projeto de extensão serão desenvolvidas em horário extraclasse;

• O recibo da prestação de contas deverá ser assinado na Coordenação do Curso em que o aluno estiver regularmente matriculado, no período em que for informado;

• A Coordenação do Curso emitirá Comunicação à Gerência de Atenção ao Estudante, demonstrando o cumprimento das 20 horas das atividades do projeto de extensão no fim do semestre letivo.